O Programa

As indústrias catarinenses podem contribuir para a construção de um futuro sustentável. Para tornar esse objetivo possível, as empresas WEG e ENGIE em conjunto com a FIESC lançaram o Programa Indústria Solar. Objetivo do projeto é incentivar a geração de energia solar pelas indústrias oferecendo preços especiais. Tudo isso na busca por um setor produtivo mais moderno, eficiente, sustentável e competitivo.

Com bons resultados em diversos países, a fonte solar ganha destaque no Brasil, um dos territórios com melhores índices de irradiação solar no mundo. A tecnologia, cada vez mais acessível, representa um investimento vantajoso. Além disso, a energia solar não gera impactos ao meio ambiente, uma fonte sem emissão de gases de efeito estufa, ou seja, uma produção carbono zero.

SOLUÇÕES:
GERADORES SOLARES FOTOVOLTAICOS

O Programa começa através de um projeto piloto para os funcionários das empresas envolvidas. Já as soluções para indústria serão divulgadas no início de 2018.

  • MODELO 1

  • Potência de 1,95kWp
  • R$ 10.428 à vista
  • Ou entrada de
    R$1.043 + 60*R$225,64
  • Economia média mensal
  • R$135,00
  • Área mínima de telhado necessária: 12m², livre de sombra e de preferência com orientação para o Norte
  • MODELO 2

  • Potência de 3,25kWp
  • R$ 16.338 à vista
  • Ou entrada de
    R$1.634 + 60*R$353,53
  • Economia média mensal
  • R$225,00
  • Área mínima de telhado necessária: 20m², livre de sombra e de preferência com orientação para o Norte

EMPRESAS
PARTICIPANTES

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) atua em sinergia com ações voltadas à promoção de um ambiente favorável aos negócios e ao estímulo à inovação. Mantida e administrada pelo setor industrial com os mesmos parâmetros das melhores empresas privadas, a FIESC compõe um dos alicerces da competitividade industrial catarinense.

A catarinense WEG é uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo. Com uma ampla linha de produtos, a empresa busca em suas operações sempre a eficiência, redução de custos e o aumento da produtividade, oferecendo a seus clientes por meio de seus produtos este mesmos valores. Entre suas missões estão o crescimento contínuo e sustentável e a inovação.

Maior geradora privada de energia elétrico do país, a ENGIE opera, atualmente, em 32 usinas em todo o Brasil, sendo 90% da sua capacidade instalada proveniente de fontes limpas e renováveis. O grupo também oferece soluções para comercialização de energia e eficiência elétrica, além de serviços relacionados à engenharia e integração de sistemas.

COMO FUNCIONA

Para participar, o interessado deve se cadastrar pelo site do Programa e anexar sua última fatura de energia. A viabilidade dos projetos será avaliada por uma equipe especializada. Uma análise de crédito pela CECRED também será realizada para os que optarem pelo pagamento parcelado. Uma vez aprovado é desenvolvido o projeto elétrico de instalação, além da abertura de um protocolo junto à CELESC para regularização da Usina Solar. Com isso, a instalação já pode ser agendada e a troca do medidor de energia providenciada. Tudo isso a fim de agilizar o processo e garantir que você usufrua da própria geração de energia solar.

TENHO INTERESSE

Respeito ao meio ambiente e resultados competitivos: tudo isso pode ser possível com a energia solar. Faça parte desta revolução energética!









Fatura Mensal De Energia


FAQ

Como participar?

- O que é o Programa Indústria Solar?

O Programa Indústria Solar é um projeto da Engie, Weg e FIESC para incentivar a geração de energia solar pelas indústrias por meio de preços especiais e atrativos.

- Posso cadastrar a minha residência?

Interessados devem se inscrever na página do programa tendo em mãos CPF ou CNPJ e o valor da fatura mensal de energia elétrica.

- Como participar?

Apesar de ser um projeto focado nas indústrias, o piloto será realizado com interessados em instalar energia solar em residências. O Programa garante a esses consumidores também preços atrativos e especiais.

- A partir de quando posso me inscrever?

As inscrições estarão abertas pela página do programa a partir do dia 20/11/2017.

Instalação

- O sistema pode ser instalado em qualquer lugar?

A instalação deve ser projetada levando em consideração a melhor desempenho do sistema. Por isso, a orientação para o norte com inclinação igual à latitude local é o mais indicado. Em relação aos tipos de telhado, não há restrições.

- Quanto tempo leva para ficar pronto?

O procedimento de instalação é relativamente simples. A duração do serviço dependerá do tamanho do sistema, mas, geralmente, leva entre dois e cinco dias.

- Como é a instalação?

Uma equipe especializada vai até o local para realizar a instalação. Todo o processo é feito seguindo procedimentos e normas de segurança, garantindo agilidade e eficiência. Na maioria dos casos, não é necessária a alteração em estruturas elétricas, sendo aproveitada a rede já existente no local.

- Preciso tratar de algum trâmite diretamente com a CELESC?

Não. A solução do Programa Indústria Solar é completa e compreende desde o projeto preliminar até o início da operação do sistema fotovoltaico e a assistência técnica. Assim, serão apenas solicitados os documentos necessários para a realização destes trâmites junto à distribuidora de energia.

Após instalação

- Vou conseguir zerar a minha conta de luz?

Infelizmente não é possível zerar a fatura da conta de luz. Isso porque, caso a unidade consumidora seja do grupo tarifário B (como é o caso das residências) é necessário pagar pelo Custo de Disponibilidade, que equivale ao valor mínimo da conta. Embora não dê para zerar a conta, é possível reduzir significativamente o valor das contas.

- Quanto posso economizar?

A economia com um sistema fotovoltaico durante um ano pode ser de até R$2 mil, dependendo do projeto e do local de instalação.

- Como posso saber o quanto estou gerando de energias?

A solução oferecida pelo Programa Indústria Solar dá acesso a um software de monitoramento em que o usuário fica sabendo em tempo real o desempenho do sistema, além de dar acesso a diversas estatísticas.

Tecnologia

Como funciona a energia solar fotovoltaica?

Ao receber a radiação solar, os painéis geram uma corrente elétrica do tipo contínua. Para que essa corrente alimente os equipamentos elétricos ela precisa ser transformada em corrente elétrica alternada por um equipamento chamado inversor. O sistema é conectado à Caixa de Distribuição interligando o sistema fotovoltaico e a rede elétrica do imóvel.

O sistema fotovoltaico é igual ao sistema de aquecimento solar?

Não. Enquanto o sistema de aquecimento solar transforma a energia solar em energia térmica para aquecer a água, o sistema fotovoltaico transforma a energia solar em energia elétrica.

Quais são os componentes de um sistema de energia solar?

Os principais componentes de um sistema fotovoltaico são os painéis fotovoltaicos que captam energia do sol e transformam em corrente elétrica contínua, e o inversor que transforma a corrente contínua em alternada, a corrente elétrica que alimenta os equipamentos elétricos.

A energia solar gera impactos ambientais?

A produção de energia fotovoltaica não possui impacto ambiental. Além disso, o principal componente do sistema, o painel fotovoltaico possui vida útil longa, não demanda manutenções recorrentes e boa parte dele pode ser reciclado.